sexta-feira, 8 de junho de 2018

oi

O suor escorre no corpo, as palavras ficam presas na mente. Quero ir embora, mas embora de mim. De tudo. Das coisas com as quais não sei lidar. Com as quais não quero lidar. Quero gritar, mas tenho medo de quem vai ouvir. Tenho medo de que não ouçam. Quero ficar só, que me deixem em paz. Mas já estou só e ainda não sei o que paz quer dizer. As lágrimas estão no meu estômago. Eu penso com o corpo inteiro. Quero dizer que não me importo. Quero que isso seja verdade. Quero apoio, um soco no estômago de vez em quando não basta. só. Alguns dias faz sol, mas é tão difícil enxergar através de todas essas paredes. Preciso de ajuda Porque não sei o que estou fazendo. Eu não quero mais ser.

domingo, 15 de abril de 2018

Raso

Não temos tempo de viver quem somos e isso faz com que cada conversa se resuma a monólogos compartilhados. Talvez por isso o mundo esteja cheio de espelhos. Porque vivemos a vida de um compromisso a outro, muito cansados para parar e ser

segunda-feira, 3 de abril de 2017

"POV"

Algumas coisas são tão triviais quando postas em perspectiva. O que é um palavrão gritado no silêncio da sala da 5ª série? O que é uma discussão perdida por falta de argumentos perto da grandeza das coisas?
Em todo lugar tem alguém sofrendo de males maiores, mais urgentes. Mas por que nossa tempestade é sempre mais intensa, paralisante?
O que é não poder usar tênis no trabalho em vista da dor do abandono ou da guerra?
Não sei aonde quero chegar com isso, mas também como poderia, se nem sequer sei o que é ter objetivo?

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Daquela sigla que você conhece bem...

Você poderia dizer que se trata apenas do desejo pelo que não posso ter, mas e se não for só isso?

É engraçado tentar escrever sobre esse desejo peculiar, às vezes sinto que todos os meus são deste tipo. O que me conforta é saber que não estou sozinha em minha peculiaridade, mas onde estão as outras? Talvez estejam se questionando agora mesmo ou, quem sabe, já tenham todas as respostas...

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

You want to fall apart
You won't

-

Damn your hollywood scritps that embellish depression
There's nothing elegant about feeling like a waste of space
in the end the only atractive mistery is the one in your pants
Sorry if i'm being too honest, but it's better if we just cut the crap
Not caring about anyone but yourself doesn't make you cooler,
doesn't make people crawl over you
just makes you a lonely bitch.

quarta-feira, 2 de março de 2016

"Acorde-me Quando o Mundo Acabar"

Sophie acordou com algumas horas de antecedência, espreguiçou-se languidamente e com um movimento preguiçoso calçou os chinelos. Como quem não quer sair da cama, ainda sentada, tentou pegar o vestido no cabideiro quase se deitando novamente no esforço de alcançá-lo. Puxou-o para si e vestiu-se membro a membro.

Em pé se pôs a olhar os cabelos pensando no que iria fazer para arrumá-los, minutos inteiros se passam até que ela resolva deixá-los como estão.

O que fazer agora? Tomar café? Escovar os dentes? E assim Sophie leva uma hora até que esteja completamente vestida e pronta para mais um dia.

Após procurar a chave que sempre se perde na bolsa, abre a porta e encara o mundo que lhe aguarda. Lá fora zumbis mordiscam seus pés e navios piratas ancoram no porto.

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

"Ansiedade"

Sentia como se seu estômago fosse se desfazer numa confusão de arrependimento e duvida. Não havia nada a ser feito e agora era só esperar o inevitável.
A dor da vergonha que estampa seu rosto, queimando a pele como fogo em brasa. Olhares que se desviam em escárnio para encontrar a simpatia do colega ao lado.
Nada é bom o suficiente e fica ainda pior quando isso se prova verdade. Como dizer que está sendo exagerada se nada lhe prova o contrário?
O coração vai à garganta e lá fica para uma pausa dramática, infla-se fazendo com que o peso curve suas costas.
 Enfim ela o vomita, e tudo que foi com ele, exposto. As costas permanecerão curvadas mais algumas horas, para se desdobrar em alívio no fim de semana que se aproxima.

quinta-feira, 21 de janeiro de 2016